iín e iãngue

[13h04 18/11/2014] danilo sanches: Fiz arroz, feijão e ovo frito no almoço. E um copo com água. Aí coloquei a mesa com toalha e tal. Então eu disse pra ela q eu sabia ser um pai normal.
Antes disso, ela tomou banho e colocou uma roupa qualquer, não o uniforme. Aí eu sentei do lado dela e disse super carinhoso que eu não queria dar bronca nela e que ela sabia o que fazer, mas ela se enganava com o próprio pensamento. Aí ela entendeu e se trocou. Nisso a mesa tava pronta e eu disse q sabia ser um pai normal, mas algumas das coisas que eu fazia, que ela achava diferente, era pq me deixavam feliz. E feliz, eu sou um pai melhor.
E ela foi concordando.
Então a gente almoçou em paz, sem pressa.
Aí, no carro, ela tava quieta. Eu perguntei o q ela tinha. ela disse que se achava feia (foi um processo, mas ela falou com todas as letras). Aí depois de acolher, eu perguntei se era possível mudar a aparência. Ela disse que não. E eu perguntei o que era possível mudar em nós. Ela disse “a sensação”.
Eu disse que sim. E que a base da sensação era o pensamento. (Isso eu perguntei e ela disse que não sabia.)
Aí eu disse que eu também estava aprendendo isso.
E a convidei pra aprender junto
Ela concordou e disse que teria que ir todo dia no psicólogo. E eu disse q não era preciso, pq o psicólogo não é remédio. Mas ele ajuda a gente a fazer o nosso próprio remédio. Ela entendeu.
Aí eu disse q se fosse remédio não duraria pra sempre. Como o remédio pra dor de cabeça. Que a gente toma um, mas a dor uma hora volta. O nosso próprio remédio dura pra sempre.
E ela entrou pra aula.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s